FICHA DE PROYECTO

NOMBRE: CORREDOR FERROVIARIO BIOCEÁNICO TRAMO PARANAGUÁ - CASCAVEL Y VARIANTE FERROVIARIA ENTRE GUARAPUAVA E INGENIERO BLEY
CODIGO: CAP53
EJE: Capricornio
PAÍSES:
BRASIL
ETAPA DEL PROYECTO: PERFIL  
ÁMBITO: NACIONAL
SECTOR: Transporte
SUBSECTOR: Ferroviario
TIPO DE OBRA: Construcción de ferrovías
API: SI  
ANCLA: NO  
INVERSIÓN TOTAL DEL PROYECTO EN U$S: 1.500.000.000

Mapa

ALCANCE DEL PROYECTO

OBJETIVO:

Solucionar gargalos logísticos; garantir o escoamento da produção; reduzir as assimetrias e desigualdades regionais; expandir e modernizar o acesso ao Porto de Paranaguá para atender as principais regiões produtoras de grãos (soja, milho, trigo e farelos) sob sua área de influência; reduzir significativamente o consumo de combustível e a emissão de poluentes; permitir a integração ferroviária com a região sul do Brasil, além da interligação com a Hidrovia Paraná-Tietê, com os portos de São Francisco do Sul e, futuramente, ser a alternativa em território brasileiro que permitirá a conexão viária entre o litoral sul/sudeste do Brasil e o Oceano Pacífico, conforme apontado pelo estudo elaborado em 2011 pelo BNDES.

DESCRIPCIÓN:

O Projeto consiste na implementação de trechos ferroviários que compõem a EF-484, quais sejam: (i) mudança de traçado do trecho Guarapuava – Lapa/ramal de Engenheiro Bley, com cerca de 250 km de extensão; e (ii) Trecho ramal de Engenheiro Bley/Lapa – Paranaguá, com cerca de 190 km de extensão.

DESCRIPTORES:

DESCRIPTOR
VALOR
UNIDAD DE MEDIDA
Ancho de vía o trocha
1600
milímetros
Estimación de pasajeros a transportar
 
número
Longitud de via
730
km
Pendiente máxima
 
Porcentaje de pendiente
Peso por eje
 
toneladas por eje
Tabla de remolque
 
Capacidad promedio de remolque en toneladas del proyecto
Tipo de carga a transportar
 
Carga granel solido/Carga granel liquido/Carga general/Carga peligrosa/Carga refrigerada/Otros tipos de carga
Velocidad de diseño
 
km/h
TRAMO/FASE/COMPONENTE DESCRIPCIÓN ETAPA INVERSIÓN (EN US$)

SITUACION BRASIL:

O trecho entre Cascavel e Paranaguá é operado em forma de concessão por duas empresas: a FERROESTE - Estrada de Ferro Paraná Oeste até Guarapuava e, a partir daí, a Rumo (antiga ALL) até Paranaguá. A ferrovia possui bitola métrica e, por ser muito antiga e passar por regiões de relevo complexo, tem limitações de capacidade e velocidade de operação. Apesar disso, os trechos estão em operação e ambas as empresas têm realizado investimentos tanto na manutenção da via como em material rodante, terminais e outras melhorias.

Como alternativa às limitações do trecho, o trecho foi incluído em 2012 no PIL - Programa de Investimento em Logística, como possível nova concessão. No contexto do programa, foi elaborado um EVTEA (Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental) com vistas à construção de uma nova ferrovia, com bitola larga, maior capacidade e velocidade e menor impacto ambiental.

O estudo foi elaborado entre novembro de 2012 e maio de 2013. O Projeto prevê a construção de várias obras de arte especiais (túneis e viadutos), responsáveis por cerca de 60% do custo total da obra, estimado em R$ 2,2 bilhões.

Atualmente, com a criação de uma nova secretaria no âmbito da Presidência da República, responsável pelas concessões de transportes, estão sendo redefinidas as prioridades dos investimentos. Somente a partir daí será possível estabelecer um cronograma para o trecho em questão.

RIESGOS Y AMENAZAS

COMENTARIO

 


COSTO Y FINANCIAMIENTO DEL PROYECTO

TIPO DE FINANCIAMIENTO: PÚBLICO
FUENTE INVERSIÓN (EN US$) ESTADO DEL FINANCIAMIENTO
A DEFINIR 1.500.000.000 no iniciado
INVERSIÓN TOTAL EN US$   1.500.000.000  

INCLUIDO EN EL PRESUPUESTO NACIONAL: Sin especificar
AÑO:
MONTO DE LOS ESTUDIOS EN US$: 12000000
FUENTE DE FINANCIAMIENTO DE LOS ESTUDIOS: TESORO NACIONAL

ESTADO DEL PROYECTO

ETAPA DEL PROYECTO: PERFIL  
FECHA ESTIMADA DE FINALIZACIÓN:
LICENCIA AMBIENTAL: NO
ESTADO DE LOS ESTUDIOS: No Iniciado

RESPONSABLE DE LA INFORMACIÓN

COORDINADOR NACIONAL BRASIL
  • NOMBRE: Gilson Alceu Bittencourt
  • EMAIL: gilson.bittencourt@planejamento.gov.br
  • TELEFONO: (5561) 2020-4080
  • INSTITUCION: Ministerio de Planeamiento, Presupuesto y Gestión
RESPONSABLE ÚLTIMA MODIFICACIÓN BRASIL
  • NOMBRE: Marcos Pinto
  • EMAIL: marcos.pinto@planejamento.gov.br
  • TELEFONO:
  • INSTITUCION:
  • FECHA MODIF.: 09/06/2016 09:39:54